Está aqui: Saúde, beleza, estilo de vida  »  Aflições  »  Obsitpações frequentes - como prevenir?

Obsitpações frequentes - como prevenir?

Publicado em categoria Aflições       
Obsitpações frequentes - como prevenir?

Obstipações e os efeitos envergonhosos delas - gases ou arrotos - são sintomas de irregularidades na digestão. Podem ser associados com distúrbios do tracto gastrointestinal, mas mais frequentemente a causa é a dieta.

Parte dos hidratos de carbono consumidos não é digerida e entra no intestino grosso onde é submetido à acção das bactérias intestinais. Causam fermentação em que aparecem os gases. O odor desagradável deles é o resultado de dióxido de carbono, metano, hidrogénio, e azoto. O oxigénio é fornecido juntamente com o ar e causa mais fermentação e um aumento no volume de gases. É daí que vem a sensação de estar cheio e de ter liquidos a "nadar" dentro da barriga e possívelmente cólicas intestinais dolorosas e falta de ar, associadas com a membrana esticada.

No entanto arrotos servem para remover o ar que entra no estômago ao comer, beber ou fumar. Ar engolido é eliminado mais facilmente quando o corpo está na posição vertical (daí o bom hábito de passear depois do jantar).

Além de obstipações causadas pelas doenças (insuficiência pancreática, deficiência de lactase - a enzima responsável pela digestão de leite e derivados, gastrite e enterite) a causa mais comum de desconforto, uma dieta errada e maus hábitos alimentares.

O que causa mais obstipações são:

  • os oligossacarídeos - açúcares encontrados em feijão, repolho, brócolis, couve de Bruxelas, ervilhas e lentilhas,

  • lactose, então açúcar presente no leite - pode aumentar a secreção de gases até oito vezes; 1/3 de pessoas com mais de 60 anos de idade não têm o enzima de digestão,

  • amido presente no trigo, aveia, milho, batatas, pão e massas.

  • algumas fibras solúveis - beta-glucanas no farelo ou pectina em maçãs, chegam ao cólon apenas parcialmente digeridos e podem ser um terreno fértil para as bactérias que causam gases.

Podemos prevenir as obstipações parcialmente a usar alho e gengibre, porque contribuem para o colapso das bolhas de gás acumuladas no estômago e intestinos. De forma semelhante funcionam algumas especiarias - cominho, erva-doce, manjerona e coentro.