Está aqui: Saúde, beleza, estilo de vida  »  Doenças  »  Asma - como lidar com ela?

Asma - como lidar com ela?

Publicado em categoria Doenças       
Asma - como lidar com ela?

A asma é uma doença inflamatória crônica das vias respiratórias. Na base dela encontra-se a hiperresponsividade brônquica. É caracterizada pelos ataques frequentes de dispneia paroxística devido à obstrução das vias aéreas. Faz parte de doenças psicossomáticas.

As causas

A asma é criada pela interacção com o ambiente que nos rodeia. Como resultado do aumento da quantidade de poluição e mudança das condições de vida estamos constantemente expostos a muitas substâncias estranhas ao organismo. Todos estes factores irritam a mucosa do tracto respiratório, por ser o primeiro contacto com o mundo exterior. Ao longo do tempo, a mucosa brônquica começa a reagir de forma exagerada aos estímulos irritantes.

Um exemplo da reacção brônquica excessiva pode ser alergia. Uma substância que causa alergias pode ser, por exemplo pólen de árvores que estão a florescer. Na primavera, na altura da floração, as partículas de pólen penetram com o ar inalado para o lúmen das vias respiratórias. Mucosa brônquica é constantemente irritada. No certo ponto, uma reacção inflamatória ao pólen é tão forte que acontece uma contracção em defesa do músculo bronquial, percebida como um ataque de falta de ar.

Os sintomas

Os ataques típicos de asma incluem a tosse e falta de ar durante a noite e pela manhã. Entre os ataques, a maioria dos pacientes não nota quaisquer sintomas. Falta de ar e tosse diminuem sozinhos ou após o tratamento (as vezes é suficiente usar o broncodilatador que funciona rapidamente). No caso de alguns pacientes, o único sintoma da asma é a tosse persistente (podemos chamá-la de variante da asma de tosse).

Os sintomas típicos são:

  • dispneia

  • tosse

  • pressão no torax

  • pieira

A frequência e a gravidade da dispneia depende do grau de controlo da doença. Quando a asma não é controlada, os sintomas aparecem até duas vezes por semana. Dificultam a vida e o trabalho. A doença pode piorar e exigir tratamento no hospital.
 

Na asma, é importante evitar o que pode desencadear uma reacção alérgica. Vale a pena então desistir de: cortinas, tapetes e carpetes, porque podem acumular pó; não fumar em locais onde residem as crianças; não usar detergentes perfumados, amaciadores, usar perfumes com moderação; dispensar os humidificadores de ar porque podem evoluir dentro fungos prejudiciais; não se recomenda ter animais, porque o ataque de falta de ar pode ser causado pelo gato ou hamster.